quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O que é Meu, é Teu.

Gosto do teu sorriso,
Se não te importares
Ficarei com isso,
Mais esses teus lábios suaves.

Gostas da minha ingenuidade
Fica com ela, é tua
Encara-a com seriedade
É a minha alma nua e crua.

Leva a minha arrogância
E mais defeitos meus
Surgidos na minha infância
A partir de agora, são teus.

De mão dada
E coração unido
Cuida desta alma
Este pobre trapo escarnido.

Fico com o teu coração
E tu ficas com o meu,
Para que nos anos que virão
O que for meu ser teu.

8 comentários: